Suzuki revela um “teaser” da nova GSX-S 1000!

A casa de Hamamatsu parece estar pronta para entrar em força no segmento das powernaked. A nova geração da Suzuki GSX-S 1000 promete mais potência, melhor eletrónica e um pacote aerodinâmico que inclui as famosas asas!

andardemoto.pt @ 5-4-2021 16:26:58

Até 26 de abril ainda faltam alguns dias, mas essa é a data que a Suzuki assinalou como sendo aquela em que ficaremos a conhecer todos os detalhes da nova naked de alta performance baseada na superdesportiva GSX-R 1000.

Através de um pequeno vídeo “teaser”, a casa de Hamamatsu deixa-nos ver algumas das formas da nova powernaked japonesa. A nova geração da Suzuki GSX-S 1000 promete fazer a marca entrar em força no segmento das powernaked, e para isso esperam-se melhorias a todos os níveis, particularmente no motor, eletrónica mas também na sempre importante aerodinâmica.

No vídeo “teaser” é possível perceber que a Suzuki desenvolveu um conjunto de apêndices aerodinâmicos, ou asas, que se posicionam nas laterais da nova GSX-S 1000. O objetivo, claro, será melhorar a estabilidade em linha reta, mas principalmente ajudar a manter a roda dianteira no asfalto criando maior força descendente.

Em termos de design a nova Suzuki GSX-S 1000 irá adotar um estilo bastante mais agressivo. A maior novidade será a ótica dianteira, que parece ser um componente derivado da GSX-R 1000, com duas luzes sobrepostas e “Full LED”.

O motor mantém a sua configuração quatro cilindros em linha. No entanto, e enquanto a geração anterior perdia bastante para as rivais por usar uma versão já desatualizada do motor tetracilíndrico, nesta GSX-S 1000 de 2021, para além da necessária homologação Euro 5, encontraremos mais potência e binário.



Os números concretos não são ainda conhecidos, mas se a Suzuki optar por utilizar o motor que atualmente equipa a GSX-R, então esperamos uma potência que no mínimo será de 180 cv. Provavelmente a Suzuki não irá atingir os números da Ducati Streetfighter V4, que tem uma potência superior a 200 cv, mas de qualquer forma a nova GSX-S 1000 ficará entre as melhores do segmento powernaked.

Claro que tanta potência terá obrigatoriamente de levar a Suzuki a criar um pacote de ajudas tecnológicas mais evoluído. Diferentes modos de condução que alteram a entrega de potência ou a intervenção das ajudas são o destaque, sendo que nas ajudas à condução a GSX-S 1000 deverá permitir que o condutor usufrua de controlo de tração, “anti-wheelie”, ABS com função em curva, controlo do efeito travão motor e ainda um cada vez mais popular “quickshift” bidirecional.

Na ciclística, a Suzuki não vai fugir muito aquilo que conhecemos nas superdesportivas GSX-R. Será interessante perceber se a marca japonesa optará por criar duas variantes, tal como acontece na GSX-R, sendo que a versão R ostenta componentes de melhor qualidade o que garante mais eficácia, quer em estrada, quer em pista.

O preço da nova Suzuki GSX-S 1000 deverá também sofrer um aumento significativo em comparação com a geração anterior. No entanto essa é uma das informações que apenas ficaremos a conhecer no dia da apresentação oficial, 26 de abril.

andardemoto.pt @ 5-4-2021 16:26:58


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews