Triumph apresenta duas novidades: Tiger 1200 Alpine e a Desert

Marca britânica surpreende com duas versões especiais da sua maxitrail. Para 2020 a Tiger 1200 estará disponível nas versões Alpine e Desert, baseadas nas já conhecidas XRx e XCx. Fique a conhecer em detalhe as novas Triumph Tiger 1200 Alpine e Tiger 1200 Desert.

andardemoto.pt @ 21-1-2020 12:00:00

A marca sedeada em Hinckley parecia que tinha mais qualquer coisa guardada para apresentar depois do que revelou no Salão de Milão EICMA. As Tiger 900, a Thruxton RS ou as Bonneville Bud Ekins deixaram os motociclistas fãs da Triumph à espera de mais, e essa espera acabou já neste primeiro mês de 2020 com a apresentação de duas novidades.

Tendo por base as versões XRx e XCx da maxitrail Tiger 1200, a Triumph desenvolveu duas versões especiais denominadas Alpine e Desert, inspiradas nas mais épicas aventuras em duas rodas e que contam com diversas particularidades.

Triumph Tiger 1200 Alpine

Como o próprio nome indica, esta versão especial baseada na Tiger 1200 XRx recebe a inspiração das viagens mais aventureiras que têm como cenário os percursos de montanha.

A Triumph instala na Tiger 1200 Alpine um novo sistema de escape com silenciador Arrow em titânio, enquanto a caixa de velocidades recebe um sempre prático e cada vez mais imprescindível Triumph Assist Shift (ou quickshift) para trocas de caixa sem recorrer à embraiagem.

Visualmente a Tiger 1200 Alpine reforça a sua presença. Para isso a Triumph escolheu um esquema de cores e gráficos exclusivo onde destacamos a pintura “Snowdonia White” à qual se adicionam os gráficos “Alpine Edition”. Para melhor se identificar a versão especial, a Tiger 1200 Alpine conta ainda com emblemas metalizados no radiador.

O PVP da Triumph Tiger 1200 Alpine é de 18.550€.


Galeria de fotos Triumph Tiger 1200 Alpine

Triumph Tiger 1200 Desert

Em relação a esta segunda edição especial, e como o nome indica, a Triumph foi buscar inspiração nas aventuras das areias nos mais espetaculares desertos do mundo como o Sahara ou o Kalahari.

No caso da Tiger 1200 Desert, a Triumph aproveitou a base da variante XCx e adicionou-lhe características distintas e que lhe permitem tornar-se numa moto ainda mais apelativa para os motociclistas que procuram uma opção para fora de estrada.

A pintura “Sandstorm” é complementada por gráficos “Desert Edition”, para além dos emblemas metalizados SE que encontramos também na Alpine. E também como na outra versão, a Tiger 1200 Desert conta com sistema de escape com ponteira Arrow em titânio e o quickshift Triumph Assist Shift.

Em comparação com a Tiger 1200 Alpine, e em termos de equipamento, a Triumph apenas instala a mais na Tiger 1200 Desert um quinto modo de condução contra os quatro da Alpine. Para mais detalhes leia mais abaixo as características comuns às duas novas Tiger 1200. Também a diferenciar as duas ao nível das especificações, a Desert pesa 246 kg de peso a seco, 4 kg a mais do que a variante Alpine.

O PVP da Triumph Tiger 1200 Desert é de 19.550€.


Galeria de fotos Triumph Tiger 1200 Desert

Características comuns às Triumph Tiger 1200 Alpine e Tiger 1200 Desert

- Motor tricilíndrico de 1215 cc com potência de 141 cv às 9.350 rpm e binário de 122 Nm às 7.600 rpm;
- Transmissão por veio;
- Painel de instrumentos TFT a cores, ajustável;
- Sistema de ABS com função “cornering” e controlo de tração otimizado;
- Modos de condução: no caso da Tiger 1200 Alpine tem quatro modos de condução (Rain, Road, Off-Road e Sport). No caso da Tiger 1200 Desert tem cinco modos de condução (Rain, Road, Off-Road, Off-Road Pro, Sport). Cada modo de condução ajusta sensibilidade do acelerador, intervenção do ABS e do controlo de tração. O modo Off-Road Pro é o indicado para uso extremo fora de estrada, com ABS e controlo de tração desligados;
- Iluminação totalmente em LED;
- Suspensões eletrónicas semi-ativas, com assinatura dos especialistas da WP, e que ajustam as suspensões de acordo com os modos de funcionamento Auto e Off-Road. A pré-carga é também ajustável eletrónicamente para adaptar as suspensões para diferentes tipos de carga;
- Triumph Assist Shift permite trocas de caixa (subir e descer) sem recorrer à embraiagem;
- Comandos nos punhos retroiluminados;
- Ignição “keyless”;
- Cruise control para adaptar e manter a velocidade constante de forma automática;
- Ecrã frontal Touring, ajustável eletricamente;
- Assento ajustável em duas alturas (835 mm / 855 mm).

andardemoto.pt @ 21-1-2020 12:00:00

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews