EICMA 2019 – Moto Morini Super Scrambler

A marca italiana mostra-nos aquela que é a sua visão de uma scrambler de maior porte. Eis a nova Moto Morini Super Scrambler e aqui ficam todos os detalhes desta novidade para 2020.

andardemoto.pt @ 10-11-2019 22:48:28

A Moto Morini apareceu no Salão de Milão EICMA com algumas novidades para 2020, e uma delas é esta Super Scrambler. Como o próprio nome indica, estamos perante uma moto do tipo scrambler e também de maior porte.

A construção desta novidade, tal como os restantes modelos Moto Morini, é totalmente feita em Itália, onde um conjunto de trabalhadores artesãos prepara a Super Scrambler até ao mais pequeno detalhe, para criar uma moto recheada de carisma e tão competente em estrada como fora dela.

O motor desta Moto Morini Super Scrambler é um bicilíndrico de 1187 cc com refrigeração por líquido. Denominado de Bialbero 1200 CorsaCorta, este motor que já equipa outros modelos como a Corsaro ZZ – clique aqui para ler o nosso teste – une soluções mais tradicionais na construção de motores com ideias inovadoras. Por exemplo, as árvores de cames são movidas por correntes opostas que por sua vez são movimentadas por um veio único, que passa pelo meio do motor em V.


Para um equilíbrio perfeito a equipa responsável pelo motor otimizou o ângulo do V do motor, optando por 87 graus, de forma a evitar a utilização de veios de equilíbrio, o que por sua vez não apenas melhora a resposta do motor em aceleração, como permite atingir rotações mais elevadas. Cada pistão tem um diâmetro de nada menos do que 107 mm, permitindo assim o uso de válvulas também maiores.

Com tudo isto a Super Scrambler conta com uma potência máxima de 116 cv às 8000 rpm, enquanto o binário máximo de 108 Nm é atingindo um pouco antes, mais concretamente às 7000 rpm. Uma performance interessante tendo em conta que esta scrambler italiana pesa, em ordem de marcha, 202 kg.

O estilo scrambler moderno permite imaginar que esta Super Scrambler tem algumas aptidões fora de estrada, e de facto a Moto Morini criou um chassis que permite um comportamento muito “saudável” para pisos de asfalto e para pisos de terra.


O quadro em tubos de aço é uma estrutura tipo treliça que utiliza o motor V-twin como elemento estrutural. Com 1500 mm de distância entre eixos esta Moto Morini é algo longa, o que garante estabilidade em linha reta e uma superior capacidade de tração.

A este quadro a marca italiana junta uma forquilha invertida que permite um curso de 120 mm à roda dianteira, enquanto na traseira o monoamortecedor tem um curso de 110 mm. Em ambos os eixos é possível afinar as suspensões em pré-carga, compressão ou extensão.

A travagem conta com pinças Brembo que mordem discos de 320 mm à frente e 220 mm atrás. Para uma dose de segurança extra, a Moto Morini recorre à unidade de comando de ABS, a bem conhecida Bosch MP9.1, que permite desligar o ABS por completo, uma opção interessante para quem decidir levar a Super Scrambler por maus caminhos fora de estrada.

E precisamente para garantir um melhor comportamento nessas ocasiões, de referir que as jantes de 17’’, de raios, estão cobertas por pneus Pirelli Scorpion Rally STR.

Galeria Moto Morini Super Scrambler

andardemoto.pt @ 10-11-2019 22:48:28


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews