MotoGP, 2023, Qatar, Antevisão – A penúltima

2ª de 3 provas consecutivas

O GP da Malásia deixou tudo mais ou menos igual em termos da luta pelo título de 2023, com Bagnaia e Martin, agora os únicos candidatos, a 14 pontos um do outro...  

andardemoto.pt @ 13-11-2023 11:29:15 - Paulo Araújo

Depois de Sepang este fim-de-semana, ficam a faltar apenas duas corridas para decidir o Campeão de 2023.

Com duas corridas Tissot Sprint e dois Grandes Prémios por disputar, há 74 pontos em jogo... Francesco Bagnaia (Ducati Lenovo) pode não ter conseguido ganhar na Malásia perante um Bastianini em forma devastadora, mas defendeu-se de Jorge Martin o suficiente para ganhar mais uns pontos, enquanto Bezzecchi, em sexto, está agora a 75 pontos e não pode intervir no resultado.

Jorge Martin (Ducati Prima Pramac) começa a precisar de um resultado sem erros, e que Bagnaia cometa alguns mesmo assim, para inverter a tendência natural, que é o homem  da Ducati oficial renovar o seu título.


Numa pista que não é considerada favorável às Ducati, é mais natural que outra marca e piloto venham roubar a glória, sendo Binder, logo atrás deste trio em 4º, o mais provável.

Para Bagnaia, as vitórias deixam de importar, apenas terminar à frente de Martin será a prioridade. Até aqui, o incumbente podia ser incomodado por vários outros a começar pelo próprio colega de equipa, mas também por Bezzecchi, Zarco, Binder e até, por vezes, as Aprilia que entretanto parecem estar em dificuldades...

O resto da armada Ducati também não pode ser descontado. Exatamente por estar fora da luta pelo título, Bezzecchi tem pouco a  perder, Luca Marini (Ducati Mooney VR46) que é o mais recente a sr falado em relação ao lugar de Márquez na Honda Repsol quer brilhar, e Alex Márquez (Ducati Gresini) esteve no toipo da tabela todo o fim-de-semana passado.

Até Fabio Di Giannantonio (Ducati Gresini) já surpreendeu e só as Honda parecem mesmo fora de contenção.


Marc Márquez (Honda Repsol), teve de suar as estopinha para ser apenas 13º,  mesmo assim, foi a única Honda que pontouo com Lecuona em 16º e Mir e Nakagami fora.

Fabio Quartararo e Morbidelli (Yamaha Monster Energy) recuperaram, mas dificilmente  estarão na luta pelo pódio..

Das satélite, nem a GasGas nem a RNF têm estado na luta, embora continuemos à espera de um milagre em que Miguel Oliveira (Aprilia CryptoDATA RNF) volte a mostrar algo da sua glória de outros dias...

Jack Miller (KTM Red Bull Factory Racing) também pode surpreender, embora ultimamente o faça mais pela negativa, com o 8º em Sepang mais um resultado indiferente...  O Qatar vai preparar o palco para a grande final em Valencia e tudo pode acontecer...


andardemoto.pt @ 13-11-2023 11:29:15 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP