Teste sistema Cardo Dynamic Mesh Communication - A evolução dos intercomunicadores

Os especialistas e líderes em sistemas de intercomunicação para motociclismo têm na tecnologia Dynamic Mesh Communication uma grande mais-valia. Mas será que você sabe o que é a tecnologia DMC da Cardo?

andardemoto.pt @ 21-3-2021 19:30:00 - Texto: Bruno Gomes | Fotos: Luis Duarte

Se no início da década de 2000 algum motociclista falasse em sistemas de intercomunicação para motociclismo, ninguém iria imaginar no que este tipo de acessórios tecnológicos se iria tornar.

A importância de nos mantermos ligados ao mundo que nos rodeia é enorme numa sociedade globalizada, e num momento das nossas vidas em que tudo acontece à “velocidade da luz”. Os intercomunicadores são hoje em dia um dos mais importantes acessórios para os motociclistas, e nesta área os especialistas da Cardo tornaram-se nos líderes mundiais.

Mas os intercomunicadores que atualmente encontramos nas lojas estão muito evoluídos. Os mais convencionais intercomunicadores utilizam tecnologia Bluetooth para se conectarem entre si, mas também a outros aparelhos, como por exemplo um GPS ou um telemóvel.


Por melhor que a ligação Bluetooth seja, a realidade é que apresenta limitações bastante notórias. E para solucionar este problema a Cardo desenvolveu uma tecnologia exclusiva denominada de Dynamic Mesh Communication, ou DMC.

O DMC está entre nós desde 2015, e ao fim de cinco anos de desenvolvimentos esta tecnologia tornou-se no expoente máximo dos sistemas de intercomunicadores. É uma clara evolução, e, como explicamos neste artigo, trás consigo uma série de benefícios e mais-valias que qualquer motociclista irá apreciar. O DMC é utilizado no intercomunicadores Cardo Packtalk Bold, Black e Slim.

O que é a tecnologia DMC da Cardo e quais as vantagens?


Ao contrário da tecnologia de ligação por Bluetooth, em que um grupo de motociclistas fica ligado formando uma “corrente” direta entre cada um, a tecnologia Dynamic Mesh Communication funciona, como o nome indica, como uma rede dinâmica que permite que um grupo de motociclistas possam comunicar entre si sem correr o risco da comunicação falhar porque um dos elementos do grupo ficou para trás ou enganou-se no caminho, por exemplo.

Cada intercomunicador equipado com tecnologia DMC funciona como uma “mini central” de ligação. Assim, e apesar de existir sempre alguém que tem de criar o grupo, mesmo que o líder do grupo ou um elemento saia do raio de alcance dos restantes elementos do grupo, a comunicação entre nunca é quebrada.

Bastará aos elementos que saíram regressar ao grupo e ficam automaticamente novamente emparelhados e podem juntar-se à conversa.



Para que entenda melhor o que estamos a dizer, aqui fica um exemplo simples: num grupo de três motociclistas qe utilizem intercomunicadores Bluetooth, o motociclista que viajar ao meio (nº2) será a ponte que liga o motociclista líder e o que fecha o grupo.

Basta ao nº2 sair do raio de alcance e a ligação entre todos é desfeita. Será até suficiente que o motociclista nº2 defina o telemóvel como prioritário, e assim que atender uma chamada a ligação entre os outros dois irá quebrar.

Depois disso terão de manualmente emparelhar cada intercomunicador. Num grupo com intercomunicadores com tecnologia DMC, este problema não se coloca! Cada um poderá movimentar-se à vontade, que assim que regressa ao raio de alcance dos restantes intercomunicadores, estará novamente ligado e ninguém tem de pressionar um botão que seja.


Para além da simplicidade de utilização, a tecnologia DMC da Cardo revela outras vantagens. Ao contrário do Bluetooth, o DMC permite que o intercomunicador realize mais do que duas funções em simultâneo.

Nos intercomunicadores DMC podemos emparelhar dois aparelhos por Bluetooth para aceder, por exemplo, a funcionalidades de GPS e telemóvel, enquanto o DMC fica exclusivamente dedicado às comunicações entre membros do grupo.

Se viajar com passageiro e quiser partilhar música, também o poderá fazer, por Bluetooth, sendo certo que a tecnologia DMC permitirá continuar a falar com o passageiro enquanto ambos ouvem a música em fundo.

Cardo Dynamic Mesh Communication à prova!


Aqui no Andar de Moto temos à nossa disposição diversos tipos de intercomunicadores da Cardo, disponibilizados pelo importador da marca nos nosso país, a Golden Bat. Recentemente tivemos a oportunidade de testar os Cardo Packtalk Bold e experimentar a tecnologia DMC.

A primeira coisa que devemos ter em atenção é que a bateria dos intercomunicadores, quando o DMC está ativo, fica consideravelmente reduzida. A autonomia baixa para cerca de 8 a 9 horas de utilização. Ainda assim, é uma autonomia mais do que suficiente para viagens, mesmo as de longa duração.

Depois, e apesar da Cardo anunciar um raio de alcance de 800 metros, e tendo em conta que ambos os intercomunicadores estavam com as suas antenas abertas, verificámos que a ligação por DMC entre motociclistas que viajam em motos diferentes varia bastante conforme a estrada.



Por exemplo, se a estrada for uma reta e os motociclistas se mantiverem em contacto visual, o raio de alcance em que a ligação permanece ativa pode chegar aos referidos 800 metros. No entanto, numa estrada com muitas curvas e em que os motociclistas deixam de ter contacto visual direto entre si, a ligação é quebrada assim que a distância entre ambos passa dos 100 metros. Um “bip” bem audível faz notar que a ligação foi perdida.

Mas a estes pontos menos positivos correspondem depois uma série de mais-valias. Com a tecnologia Cardo DMC facilmente conseguimos emparelhar os nossos intercomunicadores. Não foi necessário mais do que seis segundos e encostar um ao outro para que a ligação fosse criada. E a partir daí nunca mais precisámos de emparelhar os intercomunicadores.

Outra qualidade inegável é a qualidade do som. Os intercomunicadores Cardo Packtalk que testámos contam com colunas JBL.

A ligação DMC garante que a qualidade do som é deveras surpreendente, e isso torna-se numa mais-valia precisamente nas sessões fotográficas de duas motos, em que somos obrigados a coordenar os nossos movimentos, as distâncias, etc. Até mesmo para alertar o outro motociclista de algum perigo na estrada este sistema se torna relevante.

E mesmo quando optamos por atender uma chamada telefónica, continuamos a ouvir as indicações do nosso companheiro de viagem.


Talvez possa parecer um pouco confuso ao início, mas a capacidade da tecnologia Cardo DMC em fazer a gestão das diversas funções do intercomunicador, e depois coordenar o volume do áudio dando maior relevância à função que definimos como prioritária, faz com que tudo funcione de forma natural e sem nos obrigar a estar constantemente a carregar em botões, até porque o controlo por voz da Cardo funciona bastante bem.

Em conclusão, o aparecimento da tecnologia DMC da Cardo é muito bem-vindo e uma clara evolução para os seus intercomunicadores que assim ganham um argumento de “peso” em relação à concorrência que também está bem apetrechada.

Esta tecnologia foi inicialmente pensada para facilitar a vida aos motociclistas que viajam em grandes grupos, mas a realidade é que mesmo para quem anda de moto e quer apenas comunicar com o seu passageiro, o Dynamic Mesh Communication é um salto em frente em termos de qualidade e funcionalidade.

andardemoto.pt @ 21-3-2021 19:30:00 - Texto: Bruno Gomes | Fotos: Luis Duarte


Clique aqui para ver mais sobre: Notícias de Equipamentos e Acessórios para Motos