Mundial Resistência – Antevisão das 8 Horas de Sepang

O Mundial de Resistência continua a evoluir e este ano realiza-se a primeira visita deste campeonato à Malásia. Fique por dentro dos detalhes das 8 Horas de Sepang que acontecem a 14 de dezembro.

andardemoto.pt @ 3-12-2019 09:35:00

A Federação Internacional de Motociclismo (FIM) e os promotores do Mundial de Resistência pretendem continuar a fazer evoluir este campeonato que leva pilotos e máquinas aos seus limites, seja físicos seja psicológicos. O cada vez maior interesse despertado nos fãs do motociclismo de competição tem sido notório, e para isso muito têm contribuido as diversas novidades introduzidas.

Para esta temporada 2019 / 2020, o Mundial de Resistência FIM vai contar com uma estreia absoluta em termos de calendário: as 8 Horas de Sepang.

Esta será a primeira prova de sempre a realizar-se durante o inverno, e o circuito malaio recebe no próximo dia 14 de dezembro não só as 8 Horas de Sepang, como outras provas de desporto motorizado como o campeonato de turismo FIA WTCR.

À partida para estas 8 Horas de Sepang teremos um total de 50 equipas. Estas incluem estruturas que competem a tempo inteiro no Mundial de Resistência FIM (36 equipas), 12 equipas do Japão e Malásia que procuram uma qualificação para as 8 Horas de Suzuka, e ainda 2 outras equipas europeias.


Todas estas equipas representam 13 países, o que revela bem a pluralidade deste mundial.

A grande maioria das equipas presentes nas 8 Horas de Sepang são compostas por três pilotos (algumas equipas terão apenas dois) o que perfaz um total de quase 150 pilotos prontos para lutar pela vitória nesta prova de resistência.

Entre todos os pilotos destacamos a presença de três senhoras: a francesa Amandine Creusot que vai pilotar para a equipa Team 202’s Yamaha, a piloto japonesa Luna Hirano da Transmap Racing / Ace Café Suzuki, enquanto a alemã Lucy Glöckner vai competir na moto da GERT56 by GS Yuasa BMW.

Isto significa que teremos 20 nacionalidades representadas e, apesar de em menor número, destaca-se também a presença de nada menos do que sete fabricantes!

Aos quatro fabricantes japoneses – Honda, Kawasaki, Suzuki e Yamaha – juntam-se os fabricantes italianos como a Ducati – equipa que já apresentámos aqui e com vídeo – ou a Aprilia, sem esquecer ainda a presença sempre forte da equipa BMW Motorrad.

andardemoto.pt @ 3-12-2019 09:35:00


Clique aqui para ver mais sobre: Esportes