MotoGP, 2022, Silverstone - Zarco cai, mas acaba o mais rápido

Oliveira 14º 2ª KTM

Num treino inicial cheio de ação e peripécias, Bagnaia e Zarco ultrapassaram quedas no início da sessão para acabar no topo. O Francês bateu Rins e Bagnaia à justa.  

andardemoto.pt @ 5-8-2022 11:09:28 - Paulo Araújo

Logo de início foi um 1-2 francês em Silverstone, com Quartararo o mais rápido seguido de Zarco. Francesco Bagnaia despistou-se na curva quatro, um desastre para o piloto da Ducati ainda há pouco embaraçosamente apanhado a guiar sob o efeito de álcool.
De resto, foi um começo impressionante do TL1 para a Suzuki, uma vez que Alex Rins, anterior vencedor aqui, era o líder. Após o drama inicial para Bagnaia e Quartararo, é Maverick Viñales que está agora no topo da tabela de classificação, com Quartararo a abrandar com um problema na sua M1. Quartararo entrou e voltou a sair do pit lane na mesma máquina que perdera potência alguns momentos antes.
Após umas voltas, de último Quartararo chegou a 11º, enquanto Rins voltava para o topo da tabela.
Colocando de lado os seus problemas iniciais, Quartararo continuava a ir mais depressa depois de passar para 2º.
Já eram dois acidentes para pilotos Ducati. agora com Zarco a cair na curva sete.


O pole de Silverstone do ano passado Pol Espargaró estava a desfrutar de um bom TL1, atualmente o sexto mais rápido para a Honda Repsol.
Faltando pouco mais de cinco minutos para o final, Aleix Espargaró é o segundo mais rápido para a Aprilia. 
No entanto, Quartararo conseguiu bater Rins graças a um tempo de 2:00.438s, e pouco depois regresso de Zarco com uma volta, e que volta, ao quebrar a barreira dos 2m.
O piloto da Ducati Pramac acabou o mais rápido com um 1:59.893s e Bagnaia também passou para os três primeiros lugares, acabando em segundo, com Miguel Oliveira 14º para já..

andardemoto.pt @ 5-8-2022 11:09:28 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: Esportes