Honda SH Mode 125 – A entrada no mundo das scooters roda alta

A marca japonesa apresenta uma nova SH Mode 125 para 2021. A scooter de roda alta pensada para os mais jovens atualiza-se em vários aspetos. Fique a conhecer os detalhes da nova Honda SH Mode 125.

andardemoto.pt @ 25-11-2020 15:45:00

As scooters de roda alta são das mais populares nos diversos mercados europeus. Entre as diversas propostas encontramos a Honda SH, que desde que começou a ser comercializada em 1984, então como SH50, permitiu à marca japonesa encaixar muito dinheiro fruto de números de vendas bastante assinaláveis.

Somando das diversas versões e cilindradas, a Honda já vendeu mais de um milhão de unidades da SH!

Mais recentemente, em 2014, a SH Mode 125 tornou-se numa das opções mais interessantes dentro da gama da Honda, apresentando argumentos pensados para convencer um público mais jovem, tais como design moderno e elegante, performance do motor, e qualidade de construção.

Agora que as normas Euro5 estão a obrigar os grandes fabricantes a apresentarem atualizações a vários modelos, também a Honda não perde a oportunidade de atualizar a SH Mode 125 que assim se renova para o novo ano com argumentos ainda mais aliciantes para os motociclistas mais jovens e urbanos.

Um dos pontos em que a SH Mode 125 se destaca é no espaço que disponibiliza para o condutor. Nesta nova versão 2021, a scooter japonesa oferece ainda mais espaço para as pernas. A plataforma plana cresce 10 mm, mesmo mantendo o prático gancho para segurar os sacos de compras entre as pernas do condutor.



Já o assento mantém-se nos 765 mm de altura, e assim o condutor da nova SH Mode 125 usufrui então de mais espaço para as pernas sem ser prejudicado ao nível da facilidade com que coloca os pés no solo.

Na carenagem dianteira encontramos agora uma ficha USB do tipo A escondida no porta-luvas, e debaixo do assento há mais espaço para transporte de objetos, com a Honda a revelar que debaixo do assento o volume aumentou para 18,5 litros. Um bom espaço tendo em conta que estamos a falar de uma scooter de roda alta.

Para facilitar a utilização, a Honda instala na nova SH Mode 125 um sistema de ignição “keyless” que permite ligar e desligar a scooter sem necessidade de colocar a chave na ignição. Um detalhe que confere à scooter um toque “premium”.

Numa scooter em que o novo farol dianteiro de LED se destaca, outro dos destaques é o novo motor eSP+ - Enhanced Smart Power Plus. Este motor com uma única ávore de cames à cabeça e quatro válvulas conta com refrigeração por líquido. Isso permite ao monocilíndrico de 125 cc alcançar uma potência de 11,4 cv às 8.500 rpm, enquanto o binário de 12,1 Nm aparece às 5.000 rpm e ajuda a movimentar facilmente os 118 kg de peso (a cheio) da SH Mode 125, sem penalizar nos consumos. A Honda refere que a nova versão Euro5 tem um consumo médio de apenas 2 litros, o que permite percorrer 275 km entre abastecimentos.



O motor eSP+ da Honda está repleto de tecnologias de baixo atrito. A disposição inteligente dos elementos, por exemplo, a bomba de óleo (incorporada no bloco) ajuda à eficiência geral. A câmara de combustão compacta e a injeção por sistema PGM-FI otimizam a velocidade de queima dos gases e o desempenho da refrigeração.

O cilindro é descentrado, algo que também contribui para a redução do atrito entre o pistão e a parede do cilindro, transmitindo as forças da combustão de forma muito mais eficiente. A camisa "espinhada" de ferro fundido – com micro-extensões na superfície – controla a distorção no diâmetro interior do cilindro. Este design baixa a tensão nos segmentos e reduz o atrito.

Como não poderia deixar de ser, o motor eSP+ da SH Mode 125 conta com tecnologia “Idling Stop”.

O sistema Idling Stop pára automaticamente o motor após três segundos de funcionamento ao ralenti com a scooter parada e os travões aplicados. Quando se roda o punho do acelerador, o motor arranca outra vez. A sua utilização é muito suave e fácil graças ao alternador/motor de arranque e ao mecanismo de retorno da cambota que se recoloca em posição antes da admissão, e ao mecanismo de descompressão que anula a resistência ao arranque provocada pela própria compressão do motor. Este sistema consegue "ler" o estado de carga da bateria e desativa-se automaticamente para evitar descarregá-la em demasia.


A pensar numa utilização mais dinâmica, a SH Mode 125 de 2021 conta com uma ciclística renovada pelos engenheiros da Honda.

O quadro é uma unidade eSAF (enhanced Smart Architecture Frame) de nova geração e vem substituir o quadro tipo berço em tubos de aço à retaguarda do modelo anterior. Construído em aço prensado, este quadro é 8% mais leve e, graças à rigidez estrutural, oferece uma maneabilidade excelente, com elevados níveis de conforto e alta durabilidade.

O ângulo da coluna da direção é de 26° e o eixo de arraste (trail) está nos 69,5 mm, para uma distância entre eixos de 1.305 mm (anteriormente estes valores eram de 27°, 68 mm e 1.305 mm, respetivamente). As dimensões gerais são compactas: (CxLxA) 1.950 mm x 670 mm x 1.100 mm, com 150 mm de distância ao solo.

Isto permite conduzir a SH Mode 125 por entre os automóveis ou em espaços mais apertados sem qualquer dificuldade, mas com a boa distância livre ao solo a scooter não revela problemas para curvar antes de rasparmos com o descanso no asfalto.

A forquilha telescópica apresenta um curso de 89 mm e a suspensão traseira – com 5 níveis de regulação da pré-carga – tem um curso de 75 mm. A nova jante dianteira de alumínio fundido e 16 polegadas tem montado um pneu 80/90-16, e atrás a jante é de 14 polegadas, com um pneu 100/90-14. A nova SH Mode 125 conta com pneus novos e que foram concebidos para reduzir o atrito e melhorar a eficiência de combustível em 4%.

Por último falta apenas referir que a nova Honda SH Mode 125 estará disponível nas seguintes opções cromáticas:

Vermelho Noble
Branco Pérola Jasmine
Prata Metalizado Mate Techno
Preto Metalizado Poseidon

andardemoto.pt @ 25-11-2020 15:45:00


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews