Yamaha desvenda as decorações 60º aniversário World GP para modelos R

A casa de Iwata celebra em grande estilo a passagem dos primeiros 60 anos a competir no Mundial de Velocidade. Para 2022 a gama Yamaha R ganha uma decoração especial 60º Aniversário World GP.

andardemoto.pt @ 17-9-2021 13:06:25

A temporada 2021 marca uma ocasião bem especial para a Yamaha. A empresa de Iwata começou a sua aventura no Mundial de Velocidade em 1961, e por isso cumpre agora 60 anos de competição ao mais alto nível.

Uma ocasião especial merece uma celebração especial, e por isso, para a temporada 2022, os modelos desportivos da gama R da Yamaha ganham uma decoração especial denominada 60º Aniversário World GP. Esta decoração comemorativa vai ser aplicada às novas Yamaha R1, R7, R3 e ainda à mais pequena R125.

Estes modelos com a sua decoração 60º Aniversário World GP apresentam uma carenagem em branco com uma risca vermelha horizontal forte e linhas brancas verticais, criando o "Speed Block" vermelho.

Este esquema de cores autêntico conta com um guarda-lamas dianteiro totalmente vermelho e jantes douradas, tal como as motos de fábrica vencedoras da Yamaha, e este visual intemporal é complementado com a placa de número dianteira amarela, um emblema de aniversário e uma risca vermelha que vai desde o topo do depósito de combustível até à traseira.

A gama de modelos desportivos R da Yamaha para 2022 é composta pelos seguintes modelos:

Yamaha R1M


Equipada com suspensões eletrónicas de competição Öhlins (ERS) e com uma especificação de topo, que inclui a mais avançada tecnologia de controlo eletrónico, bem como carenagens leves em fibra de carbono, a R1M é a superdesportiva mais exótica da Yamaha. Para 2022, este modelo de alta performance estará disponível numa nova cor, Icon Performance.

Yamaha R1


Com um estilo agressivo inspirado na YZR-M1 de MotoGP, combinado com um chassis leve, elementos eletrónicos de alta tecnologia e um motor Euro5 de 998 cc com tecnologia de planos cruzados (Crossplane), o modelo R1 está sempre pronto para puxar pela adrenalina do seu condutor e obter os melhores tempos em pista. Em 2022 estará disponível numa nova opção de cor Icon Blue, em dois tons com azul mate escuro.


Yamaha R7

Yamaha R3


Para 2022, o motor da R3 está totalmente em conformidade com a norma Euro5 e a forma da carenagem inferior foi adaptada para acomodar o novo catalisador. A R3 estará disponível numa nova cor Icon Blue com acabamento em dois tons, composto por uma mistura de Icon Blue e azul mate escuro, para um aspeto ainda mais desportivo e que reforça o visual da família da série R. A segunda cor para a R3 é Yamaha Black, conferindo à moto um visual elegante e dinâmico.

Yamaha R125


Concebida de acordo com os mesmos padrões elevados dos modelos da restante série R, a R125 dá a cada condutor a oportunidade de fazer parte do Mundo R. Equipada com carenagem inspirada na R1, um quadro Deltabox compacto, um motor EU5 de alta eficiência e suspensões e travões de elevada especificação, a R125 apresenta-se como uma desportiva leve e fácil de conduzir. Em 2022 estará disponível numa nova opção de cor Icon Blue em dois tons com azul mate escuro.



A chegada das Yamaha R1, R1M, R7, R3 e R125 aos concessionários nacionais deverá acontecer a partir do próximo mês de dezembro. Quanto a preços, tanto das versões normais como das variantes especiais Yamaha 60º Aniversário World GP, estamos a aguardar a confirmação dos valores por parte da Yamaha Motor Portugal, e iremos atualizar o artigo assim que possível.

Yamaha nos Grandes Prémios – 1961 a 2021: 60 anos ao mais alto nível


As corridas têm sido parte integrante do DNA da Yamaha desde o dia em que a marca foi constituída, a 1 de julho de 1955. Na altura, a empresa testou os seus produtos em pista poucos dias depois da fundação da Yamaha Motor Company, quando a YA-1 venceu a Subida do Monte Fuji na sua primeira participação, a 10 de julho.

Impulsionada por este sucesso, a Yamaha entrou na sua primeira corrida internacional em Catalina, EUA, em 1958. Nesta altura, a marca estava a desenvolver algumas das máquinas a 2 tempos mais competitivas e decidiu experimentar o derradeiro teste de piloto e máquina ao entrar na classe de 250 cc com a RD48, na ronda do Mundial de Velocidade, em França, em maio de 1961. Competir ao mais alto nível colocou a empresa firmemente no mapa e marcou o início da transformação da marca num dos fabricantes de motos mais bem-sucedidos e inovadores do mundo.

Apenas dois anos depois da estreia da Yamaha no GP, Fumio Ito conseguiu a primeira vitória da marca nos Grandes Prémios com a RD56, no Grande Prémio da Bélgica, e a Yamaha desde então foi amealhando vitórias e títulos para o seu palmarés.

Em 1964 a Yamaha ganhou o seu primeiro Campeonato Mundial, bem como o seu primeiro título de construtor, com Phil Read na classe 250 cc, a primeira de muitas vitórias naquela década. Foi o início de uma viagem incrível para todos os envolvidos no programa de corridas da Yamaha e, nos últimos 60 anos conseguiu mais de 500 vitórias em Grandes Prémios, para além de 38 títulos de piloto, 37 títulos de construtor e 7 títulos de equipa.

Speed Block – a história das cores de competição da Yamaha


Em 1964 o departamento de competição da Yamaha lançou o modelo de 250 cc para os Grandes Prémios, com nova carenagem branca, decorada com uma risca vermelha e guarda-lamas dianteiro vermelho. Foi com esta decoração que o piloto de fábrica Phil Read ganhou o primeiro título mundial da Yamaha.

Este esquema de cores em vermelho e branco, simples e dinâmico, rapidamente se afirmou como o visual instantaneamente reconhecível da Yamaha nos Grandes Prémios, e foi o precursor do "Speed Block" da Yamaha.

A carenagem branca com o "Speed Block" vermelho rapidamente se tornou no esquema de cores de corrida definitivo da Yamaha na Europa para as duas décadas que se seguiram até à era Rainey e Lawson. A incrível reação do público à recente revelação da M1 de fábrica, com as cores especiais do "Speed Block" do 60º aniversário, demonstra que é um dos esquemas de cores mais evocativos da empresa, popular entre pilotos e fãs de todas as idades. E a sua aplicação aos modelos de estrada apenas reforça a ligação entre os produtos da Yamaha disponíveis ao público, e os protótipos de competição que lutam pelos títulos da categoria rainha.

Simples, dinâmico, intemporal e rapidamente reconhecível, o "Speed Block" estará sempre associado à Yamaha e às suas campanhas de GP recheadas de sucessos em pista, sublinhando uma era muito especial na história da empresa nipónica com sede em Iwata.

andardemoto.pt @ 17-9-2021 13:06:25


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews