MotoGP, 2022 – Pol Espargaró bate Rins no TL1

Duas quedas para Miguel Oliveira

Foi uma manhã de sexta-feira cheia de incidentes quando a primeira sessão livre começou o fim-de-semana em Le Mans, acabando por deixar o piloto da Honda Repsol à frente, seguido de Rins e Bagnaia

andardemoto.pt @ 13-5-2022 10:44:50 - Paulo Araújo

Pol Espargaró da Honda Repsol começou em alta no Grande Prémio SHARK de França, ao gravar um 1:31.771 para terminar a sessão no topo.

O espanhol tinha 0,109 de vantagem sobre o compatriota Alex Rins (Suzuki Ecstar) que tinha anteriormente liderado as folhas de tempos, durante uma manhã cheia de incidentes em Le Mans.

Francesco Bagnaia (Ducati Lenovo Team) completou os três primeiros à frente do Campeão Mundial Fabio Quartararo (Yamaha Monster Energy) com Aleix Espargaró (Aprilia Racing) a completar os cinco da frente.

No que é certamente um fim-de-semana difícil para a família Suzuki, o Campeão do Mundo de 2020 ajudou a dar algum consolo ao assegurar que ambas as GSX-RRs azuis estavam entre os seis primeiros no início do fim-de-semana, com Maverick Viñales (Aprilia Racing), Johann Zarco (Pramac Racing) e Luca Marini (Mooney VR46) a arredondar os dez primeiros.




Todos os pilotos mencionados conseguiram manter-se afastados de problemas durante toda a sessão, o que não pode ser dito para os da KTM.

Foi uma abertura brutal para o GP francês para as KTM Red Bull, com Miguel Oliveira a bater duas vezes no chão, nas Curvas 6 e 10, e Brad Binder a cair na Curva 3, enquanto Raul Fernández da Tech3 também caiu na Curva 10.

Porém, não foram os únicos a sentir o asfalto, com Enea Bastianini (Gresini Racing) a cair na Garage Vert e Franco Morbidelli (Yamaha Monster Energy) a cair na Curva 11.

Marc Márquez (Honda Repsol) também não conseguiu quebrar o top 10, mas deu-nos uma escapadela memorável ao salvar a sua RC213V na berma na Curva 8.

andardemoto.pt @ 13-5-2022 10:44:50 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP