Aprilia RS660 será assim quando chegar em 2020

A nova supersport da Aprilia está cada vez mais próxima de chegar às estradas e pistas. Novo conjunto de imagens revela mais detalhes de como será a versão de produção da RS660 que foi apresentada em formato de concept durante o último Salão de Milão EICMA.

andardemoto.pt @ 7-6-2019 11:42:51

Dentro de pouco mais de cinco meses a Aprilia irá revelar no Salão de Milão EICMA, que acontece no início de novembro, a versão final de produção da sua nova supersport RS660. Com um motor bicilíndrico derivado do V4 que a casa de Noale utiliza na maior e mais poderosa RSV4, esta novidade está a despertar as atenções de muitos motociclistas, e um conjunto de novas imagens revelam como será então a versão de produção que estará à venda em 2020.

O website britânico BikeSocial obteve o que diz serem as primeiras imagens, ainda em formato “render”, imagens criadas por computador, da nova RS660.

Em comparação com a versão concept que vimos na EICMA, a RS660 terá, obviamente, componentes diferentes, menos exóticos, embora não seja de descartar que a Aprilia possa comercializar duas versões distintas: uma mais básica e outra “premium” que habitualmente chamamos de Factory.


Com o motor bicilíndrico a debitar, de acordo com rumores, uma potência próxima dos 100 cv, a grande aposta da Aprilia para tornar a RS660 numa superdesport de respeito é tornar esta moto o mais leve possível, ganhando então uma excelente relação peso / potência.

O design da moto que aparece neste novo conjunto de imagens não apresenta grandes diferenças em relação à concept da EICMA. No entanto é possível perceber que a Aprilia suavizou alguns detalhes. As asas estilo MotoGP não são tão salientes da carenagem lateral, que por sua vez se mostra menor em dimensões para deixar o motor mais à vista, e provavelmente melhorar a refrigeração.

As carenagens não serão em fibra de carbono como a RS660 concept. Serão em plástico, um pouco mais pesado, mas bastante menos dispendioso de fabricar, o que permtirá manter os custos de produção, e em última análise o preço, num nível mais baixo. Pelo menos na versão base.


Pinças de travão e suspensões serão muito semelhantes às unidades da moto conceptual, embora, e caso se confirme a existência de uma RS660 Factory, a Aprilia possa depois optar por usar suspensões Sachs na versão base e Öhlins na Factory, enquanto os travões, sendo sempre da Brembo e monobloco, podem contar com pinças melhores na Factory. As jantes também foram redesenhadas em comparação com a moto de Milão.

Também não deixa de ser interessante que o sistema de escape da concept RS660 não apresenta diferenças significativas na versão de produção. Será interessante perceber como é que a Aprilia conseguirá homologar uma moto com este tipo de escape tão “racing”, sendo que as regras de homologação estão cada vez mais apertadas neste particular.

andardemoto.pt @ 7-6-2019 11:42:51