Já temos os detalhes técnicos do motor bicilíndrico da Aprilia RS 660!

A nova supersport italiana promete ser um grande regresso da casa de Noale às desportivas de média cilindrada. A grande curiosidade é o seu motor bicilíndrico derivado da potente RSV4, e nós já temos os detalhes técnicos deste motor da Aprilia RS 660.

andardemoto.pt @ 26-6-2020 11:11:58

Com chegada aos concessionários prevista ainda para este ano, a nova Aprilia RS 660 marca o regresso da marca italiana às desportivas de média cilindrada. Com um design que, apesar de baseado na RSV4, revela uma abordagem mais moderna às formas esculpidas e aerodinâmica, a RS 660 é uma moto que tem no seu motor o grande ponto de interesse.

Apesar da Aprilia ainda não ter divulgado as especificações finais de forma oficial, aqui no Andar de Moto tivemos acesso a alguns dados técnicos deste motor bicilíndrico.

Esta unidade motriz deriva do motor V4 da RSV4. Na realidade a Aprilia utiliza os dois cilindros da bancada dianteira para criar o motor bicilíndrico paralelo que terá uma cilindrada de 658 cc. Com um diâmetro x curso de 81x63,9 mm, válvulas de admissão com 33 mm, válvulas de escape com 25 mm, a RS 660 vai disponibilizar 100 cv às 10.500 rpm.

O limitador estará colocado às 11.500 rpm, enquanto a cambota a 270º permite à Aprilia RS 660 oferecer uma entrega de potência linear, mas sempre forte.



Infelizmente não conseguimos ainda saber qual será o binário máximo atingido. Sabemos sim, que será às 8.500 rpm, o que permite perceber que a Aprilia decidiu colocar o binário no asfalto desde baixas rotações.

Para além do motor, a nova Aprilia RS 660 destaca-se pelo pacote eletrónico.

Dando uso a uma unidade de medição de inércia de seis eixos, a RS 660 contará com cinco modos de condução, controlo de tração ajustável, “anti-wheelie” ajustável, sistema de travagem com ABS e função “cornering”, sistema de mitigação de levantar da roda traseira em travagem, controlo do efeito travão motor, também ajustável, ou ainda os imprescindíveis “quickshift” bidirecional e controlo da velocidade de cruzeiro.



Os modos de condução são um “upgrade” em relação ao que conhecemos nas poderosas V4 da casa italiana.

Três modos para a estrada – Commute, Dynamic e Individual – e dois modos para uso em pista e explorar todo o potencial deste conjunto. Em Challenge o condutor vai usufruir dos parâmetros eletrónicos prédefinidos pela Aprilia Racing, enquanto em Time Attack o condutor poderá justar de forma independente todos esses parâmetros.

A moto deveria ter sido apresentada oficialmente no Aprilia All Stars Day em Mugello, mas a pandemia obrigou a casa de Noale a alterar os planos. Sabemos que o importador, a Officina Moto, conta ter as primeiras unidades ainda em 2020.

Quanto a preço, não temos ainda a possibilidade de adiantar valores. Foi-nos dito pelo importador que, embora o PVP não esteja ainda definido, a esperança é de que a RS 660 esteja à venda por um valor extremamente competitivo.

andardemoto.pt @ 26-6-2020 11:11:58


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews