Ducati Monster – A nova geração de um ícone das duas rodas

A Ducati apresenta a nova geração de uma naked que se tornou num verdadeiro ícone das duas rodas. Fique a conhecer os detalhes da nova Ducati Monster para 2021.

andardemoto.pt @ 2-12-2020 19:20:49

Quando em 1993 a Ducati lançou a original Monster, a receita utilizada foi criar uma naked desportiva que fosse leve, entusiasmante, e com componentes derivados dos utilizados nos modelos desportivos da casa de Borgo Panigale mas adaptados a uma utilização em estrada.

Quase três décadas depois a Ducati continua a acreditar nesta receita, embora a Monster para 2021, que acaba de ser apresentada no quinto e último episódio do Ducati World Première, seja uma moto totalmente diferente em relação à original Monster, um modelo que se tornou no de maior sucesso da Ducati com mais de 350.000 unidades produzidas nas suas mais diversas versões e cilindradas.

A nova Ducati Monster de 2021 concentra muitos dos argumentos que tornaram esta naked de Borgo Panigale tão popular. A chamada “Essência” da Ducati encontra na nova geração argumentos que a fazem destacar-se.


O grande destaque nesta nova Monster vai para o seu quadro. Há muito que as Monster utilizam o típico e adorado quadro em tubos de aço, adotando uma estrutura tipo treliça. Considerado não apenas como um elemento de performance, mas também de estética, o quadro treliça desaparece por completo nesta nova geração.

No seu lugar a Monster recebe o quadro que a Ducati denomina de “Front Frame”. Esta estrutura fabricada em alumínio utiliza o motor bicilíndrico Testastretta 11º como elemento estrutural, e pesa apenas 3 kg! Isto significa que em comparação com o anterior quadro treliça da Monster 821, o quadro “Front Frame” da nova Monster vê o seu peso reduzir uns impressionantes 60% ou 4,5 kg.

Esta redução de peso significativa no quadro, quando combinada com outros elementos também mais leves como são os casos das jantes que pesam menos 1,7 kg, o motor que pesa menos 2,4 kg ou ainda o braço oscilante que pesa menos 1,6 kg, sem esquecer o subquadro traseiro fabricado com recurso a tecnologia GFRP – Glass Fibre Reinforced Polymer que pesa menos 1,9 kg, ajudaram a Ducati a baixar o peso do conjunto num total de 18 kg! O peso a seco da nova Ducati Monster é de 166 kg, sendo o peso a cheio de 188 kg.



Se a redução massiva do peso do conjunto já deixa bem claro que a agilidade da nova Monster é enorme, a Ducati não se ficou por aí. Para complementar este “peso pluma” a marca italiana reduziu a distância entre eixos para apenas 1474 mm, enquanto a brecagem aumentou. Com isto a naked italiana apresenta-se como uma opção ágil e muito manobrável em situações de condução urbana.

Com toda uma nova estrutura a “segurar” o conjunto, a posição de condução foi obviamente alterada. O condutor usufrui agora de uma posição de condução mais dominante sobre a dianteira da Monster. O assento posicionado a 820 mm do solo está 65 mm mais próximo do guiador, o que proporciona uma posição mais ereta do tronco. Simultâneamente os poisa-pés baixaram 10 mm e estão 35 mm mais avançados. Com isso as pernas do condutor não necessitam de se fletir tanto, o que se traduz em conforto.


Mas uma Monster sempre se pautou pela performance do seu motor. E nesta nova geração isso também não é diferente. A versão que vem substituir a anterior Monster 821 conta com uma versão Euro5 do bicilíndrico Testastretta 11º. Agora com 937 cc, e mantendo a distribuição desmodrómica, esta unidade motriz desenvolve 111 cv às 9.250 rpm, enquanto o binário sobe para os 93 Nm às 6.500 rpm.

A embraiagem que equipa a nova Monster é em banho de óleo e deslizante e, graças ao seu particular sistema servo-assistido, promete um “feedback” suave.

Devido ao novo comando hidráulico é extremamente “leve” de acionar (-20% de esforço) e perfeita na modulação para se adaptar a motociclistas de todos os níveis e temperamentos. De referir ainda que a caixa de seis velocidades conta com sistema “quickshift” bidirecional de série.

O “quickshift” faz parte de uma série de ajudas eletrónicas à condução que a Ducati instala na nova Monster.



De série a naked italiana conta com três modos de condução – Sport, Touring e Urban – sendo que a opção entre cada um deles altera em andamento os níveis de intervenção de ajudas como controlo de tração, o “anti wheelie” ou ainda o ABS, sem esquecer o nível de potência do motor à disposição do acelerador “ride by wire”.

Com um design totalmente renovado e onde se destaca a forma musculada do depósito de combustível, mas também a nova ótica redonda com LED diurno a toda a volta para uma assinatura luminosa impactante, a nova Monster destaca-se ainda pela utilização de suspensões afinadas para garantir um comportamento equilibrado, sendo que a travagem fica a cargo de pinças Brembo M4.32 monobloco, acionadas por uma nova bomba radial, e que mordem um par de discos de 320 mm.

Todas as informações sobre a moto e as diferentes opções eletrónicas selecionadas são agora transmitidas ao condutor através de um painel de instrumentos TFT a cores, de 4,3 polegadas, com um “layout” derivado da Panigale V4, onde se destaca o generoso conta-rotações.


Por último, e porque a Ducati Monster sempre foi um símbolo da personalização, a nova geração permitirá a cada ‘Monsterista’ tornar a sua moto ainda mais única, através de kits de autocolantes que colocam em evidência as formas da Monster e celebram o espírito desportivo da Ducati. Para aqueles que desejam acentuar o estilo da sua Monster de um modo ainda mais decisivo, estão também disponíveis kits de plásticos.

Tal como em todas as motos Ducati, uma vasta gama de acessórios Ducati Performance está também disponível, como o duplo silenciador homologado Termignoni com terminais em fibra de carbono. Espreite o configurador online da Ducati para ficar a conhecer as diferentes possibilidades.


A nova Monster está disponível nas cores Ducati Red ou Dark Stealth, com jantes negras, e em Aviator Grey com jantes GP Red. Para quem pretende uma moto com imagem ainda mais desportiva, existe a versão Plus, nas mesmas cores e com um defletor aerodinâmico e cobertura para o assento do passageiro como equipamento de série.

A nova Ducati Monster chegará aos concessionários da marca em abril de 2021.

andardemoto.pt @ 2-12-2020 19:20:49

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews