BMW R18 “Spirit of Passion” da Kingston Custom – Conversão radical

A série “SoulFuel” da BMW Motorrad continua a dar os seus frutos. Desta feita foi Dirk Oehlerking da Kingston Custom a mostrar o que sabe fazer e a criar uma conversão radical da BMW R18. Fique a conhecer a R18 “Spirit of Passion”.

andardemoto.pt @ 19-1-2021 10:54:06

A cruiser R18 tem dado que falar no mundo das duas rodas, e não só! O seu motor Big Boxer e uma atitude marcadamente criada a pensar nas modificações permitem a este modelo da BMW Motorrad destacar-se num mundo onde as motos modificadas são extremamente populares.

Aqui no Andar de Moto já testámos a versão original na edição especial First Edition. A BMW R18 mostrou ser aquilo que esperávamos, uma “fraulein” voluptuosa, com argumentos de peso para convencer os mais cépticos. Sendo as possibilidades de personalização enormes, nada nos fazia imaginar o que a Kingston Custom estava a criar.

A pedido da BMW Motorrad, e inserida na série “SoulFuel” que já nos mostrou a Dragster de Roland Sands e ainda a Blechmann de Bernhard Naumann, Dirk Oehlerking da Kingston Custom utilizou a sua experiência de 35 anos no fabrico de motos customizadas e criou a “Spirit of Passion”.


A base foi a R18, claro. No entanto basta olhar para a “Spirit of Passion” para percebermos que esta modificação não se tratou apenas de fixar alguns acessórios ou cobrir as carenagens com uma pintura especial.

Oehlerking, que tem no seu currículo um registo de 17 BMW modificadas, é conhecido pelas suas criações extremas e radicais, e desta feita apurou o seu estilo e elevou ainda mais o seu nível.

O que mais se destaca nesta BMW R18 “Spirit of Custom” é a sua enorme carenagem a fazer lembrar as “streamline” usadas nas motos dos recordes de velocidade. Com um estilo art déco que cria uma presença impressionante. Dirk Oehlerking inspirou-se no BMW 328 para criar as duas entradas de ar frontais, com as grelhas – os famosos rins – a dominam a frennte da moto.

Toda a carenagem em fibra de vidro foi fabricada à mão pela Kingston Custom, e está fixa à R18 nos seus pontos originais escondendo a ótica LED no seu interior. Embora este tenha sido o maior desafio desta modificação, não foi o único.



O guiador foi outro dos pormenores complicados mas a esbelta cobertura que esconde quase por completo a roda traseira e termina numa esguia barbatana com luz de travão, foi outro dos desafios desta construção alemã. No caso deste componente destaca-se o facto de estar fixo diretamente ao braço oscilante, acompanhando o movimento da roda durante a condução.

Dirk Oehlerking não teve receio de utilizar elementos fabricados pela BMW Motorrad e que estão disponíveis no catálogo oficial de acessórios. Um exemplo disso é o assento, que no caso da versão usada na R18 “Spirit of Passion” foi no entanto forrado com uma pele diferente.


Todo o resto da moto foi deixado original. O motor – embora expire os gases por um sistema de escape mais “livre” -, quadro, travões ou suspensões não sofreram alterações por parte da Kingston Custom. “A R18 é tão perfeita que eu deixei a tecnologia como estava. O quadro é 100% original e é tão sofisticado que nada deve ser alterado”, confessa Dirk Oehlerking.

A clássica pintura em preto com riscas brancas completa visualmente o conjunto que por certo ficará para a história como uma das transformações mais radicais de uma BMW R18.

Veja as imagens abaixo.


Galeria de fotos da BMW R18 "Spirit of Passion" da Kingston Custom

andardemoto.pt @ 19-1-2021 10:54:06


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews