MotoGP Portugal – Miguel Oliveira histórico assegura primeira “pole position”!

Português da Red Bull KTM Tech3 coloca-se em ótima posição para lutar pela vitória no Grande Prémio de Portugal. Miguel Oliveira esteve imperial e assegurou a “pole position” histórica!

andardemoto.pt @ 21-11-2020 16:42:03

Miguel Oliveira não poderia estar a ter um fim de semana de Grande Prémio de Portugal muito melhor do que está a ter! Depois de ter estado em bom plano nos treinos livres de MotoGP, sendo rápido desde a primeira sessão e depois culminando a sua preparação para a qualificação com o segundo melhor tempo na FP3, o que lhe garantiu a passagem direta à Q2, e ainda o melhor tempo na FP4, Miguel Oliveira esteve imperial e assegurou a sua primeira “pole position” na categoria rainha.

Um momento, mais um, que ficará para a história do motociclismo português, e novamente com a assinatura do piloto de Almada, que tem no Autódromo Internacional do Algarve um grande momento para fechar a temporada da melhor maneira.

Nesta última corrida que fará aos comandos da moto preparada pela Tech3, pois em 2021 estará inserido na Red Bull KTM Factory, Miguel Oliveira mostrou que a estratégia que definiu para atacar esta qualificação de MotoGP foi perfeita.


Depois de Franco Morbidelli (Petronas Yamaha SRT) e Cal Crutchlow (LCR Honda) terem conseguido a passagem à segunda qualificação sendo os dois mais rápidos na Qualificação 2, foi a vez da decisiva sessão de qualificação no circuito algarvio.

Desde os primeiros minutos da sessão Q2 que o português esteve na luta pela “pole position”. Com a sua KTM RC16 perfeitamente afinada para as características da “Montanha Russa” algarvia, e mostrando ser profundo conhecedor das melhores trajetórias, Miguel Oliveira registou novo recorde da “pole” com uma volta em 1m38.892s, que se torna também no recorde absoluto do circuito algarvio.

O conhecimento das características do circuito português foi um dos pontos fundamentais para obter a “pole”. Especialmente ao nível do vento que habitualmente se faz sentir, e até com alguma intensidade, no AIA, o que obriga a um posicionamento específico em certas curvas. Algo que poderá afetar mais os seus rivais que possivelmente não estarão tão conscientes desta particularidade.

No final da qualificação Miguel Oliveira mostrou-se "Contente com esta pole position, tem um significado muito especial por ser em casa. Obviamente que o meu objetivo é terminar o meu trabalho amanhã e fechar com chave de ouro esta corrida de Portimão. Desde início que me tenho divertido muito em cima da moto, e quando me divirto a coisas saem de forma mais natural e é isso que espero fazer também amanhã na corrida".



Na análise aos melhores registos dos quatro setores do circuito algarvio, Miguel Oliveira mostra-se muito forte no terceiro setor, onde inclusivamente foi o mais rápido. Nos restantes três setores o piloto da Red Bull KTM Tech3 não aparece entre os mais velozes. Parece estar aí, no terceiro setor, o segredo para Miguel Oliveira amanhã, a partir das 14h, atacar a vitória na última corrida da temporada de MotoGP.

Ao seu lado na primeira fila da grelha de partida estarão ainda Franco Morbidelli (Petronas Yamaha SRT), 0,44s mais lento do que Miguel Oliveira, que tal como outro dos pilotos que estará na primeira fila, Jack Miller (Pramac Ducati), fez questão de dar os parabéns a Miguel Oliveira por esta primeira “pole position” de MotoGP.

Nos destaques desta Qualificação de MotoGP para o Grande Prémio de Portugal, nota para a fraca prestação do recém coroado campeão Joan Mir. O piloto da Ecstar Suzuki, na primeira corrida após ter conquistado o seu primeiro título de MotoGP, vai começar apenas da 20ª posição na grelha de partida, e por isso terá muito trabalho pela frente num circuito bastante exigente.

De referir ainda que Fabio Quartararo (Petronas Yamaha SRT) foi o quinto na qualificação, o que lhe garante então o prémio BMW M Award para o melhor piloto em qualificação durante a temporada 2020 de MotoGP, enquanto os cinco primeiros lugares na grelha de partida serão ocupados por pilotos que competem aos comandos de motos de equipas independentes, o que é mais um exemplo do nível competitivo da atual categoria MotoGP, em que as motos de fábrica são muitas vezes batidas pela motos de equipas satélite.

A moto de fábrica melhor classificada foi a Repsol Honda de Stefan Bradl. Refira-se que Bradl tem estado revelado uma energia inesgotável! Para além de competir em MotoGP, o piloto alemão marcou presença no circuito de Jerez durante os testes do Mundial Superbike que decorreram no início desta semana. Poucos dias depois estava em Portimão onde está a mostrar ser um dos pilotos a ter em conta para as contas finais da corrida de domingo.

Top 10 dos melhores classificados na Qualificação de MotoGP para o Grande Prémio de Portugal


1. Miguel Oliveira (Red Bull KTM Tech3) – 1:38.892
2. Franco Morbidelli (Petronas Yamaha SRT) + 0.044
3. Jack Miller (Pramac Racing) + 0.146
4. Cal Crutchlow (LCR Honda Castrol) + 0.264
5. Fabio Quartararo (Petronas Yamaha SRT) + 0.307
6. Stefan Bradl (Repsol Honda Team) + 0.312
7. Johann Zarco (Esponsorama Racing) + 0.346
8. Maverick Viñales (Monster Energy Yamaha MotoGP) + 0.368
9. Pol Espargaro (Red Bull KTM Factory Racing) + 0.392
10. Alex Rins (Team Suzuki Ecstar) + 0.575

Com estas prestações de Miguel Oliveira, tudo se parece conjugar para que o português consiga, em solo nacional, alcançar a sua segunda vitória em MotoGP e fechar a sua décima temporada no Mundial de Velocidade da melhor forma. A corrida de MotoGP tem início às 14 horas. Fique atento ao seu Andar de Moto para saber tudo sobre a última corrida da temporada.


Galeria de fotos MotoGP Portugal

andardemoto.pt @ 21-11-2020 16:42:03


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP